20 de ago de 2015

Resenha Filme | Quarteto Fanstástico

          Olá, people...
       Hoje vou trazer uma resenha sobre um filme que tem gerado muitos comentários, barracos e polêmica. Nessa segunda fui assistir o Quarteto Fantástico. ( Eu não ia comentar isso, mas agora eu vou; toda segunda-feira tem promoção no Cinemark daqui de pagar a metade do preço; como sou estudante pago metade da metade. Adoroo... ☺ Isso não vinha ao caso, mas eu queria mostrar o quanto me dou bem em pagar pouco!!) Enfim, não gosto muito de assistir filmes pelo motivo que já expliquei em outro post. Acaba logo. Série é melhor, você tem mais tempo e desenvolve um vínculo maior com os personagens.
     Eu estava protelando bastante para vir falar desse filme porque tem os haters, nerds e esse povo critico demais, é claro, mas ontem estava lendo alguns blogs e vi que uma garota fez uma resenha ótima para um filme que também foi bastante criticado e forma negativa: Pixels. Acho injusto o que estavam falando do Adam Sandler. Eu gosto dele. Hã. Desde sempre. Ele me convenceu naquele filme O Paizão. ☺
     Mas vamos deixar de blá blá blá e falar do Quarteto Fantástico. Desde o ano passado espero esse filme ser lançado, até fiz um post com trailer quando estava próximo; na época as pessoas discutiam se era uma boa ideia ou não o Tocha ser negro. Palhaçada. Só acho. A verdade é que o elenco dessa vez foi melhor do que o que eu assisti quando era pequena. Na época achei o filme o máximo, mas não tinha o entendimento que tenho agora; como não sou nerd (nada contra nerds, na verdade eu queria ser também assim, mas...) e nem leio HQ, a não ser que o Mangá da turma da Mônica conte, porque senão não leio nada disso, aparentemente não posso falar tanto assim do filme. Mas eu digo: Suck it up!! Tô digitando, ui, tô comentando...
    Alguém pode vir aqui e me criticar por elogiar o filme; vão querer dizer um milhão de coisas para tentar me dissuadir ou então só vão me esnobar mesmo porque aparentemente não tenho “cacife” pra falar da película. Eu só digo uma coisa: #hatersgonnahate #Ilikeit
Esse filme do Quarteto Fantástico foi diferente para mim, não era com essa história apresentada que eu estava acostumada. No outro filme não é abordado a temática envolvida e os heróis só viviam salvando pessoas aleatórias, numa demonstração maçante de salvamentos para que as pessoas vissem o quanto eles eram o DEMAIS, para no fim eles fazerem um grande salvamento. O início de tudo é bastante interessante nesse novo filme. O lado de Reed Richards e Ben é mais explorado, coisa que não tinha no anterior, eu nem sabia que eles eram assim tão próximos.

     Todo mundo conhece a história. Richard e Ben inventam uma máquina que pode teletransportar e levar coisas para outra dimensão e a apresentam numa feira de ciências. Logo o garoto prodígio é levado para um lugar onde ele pode desenvolver suas ideias. Lá ele encontra Sue e Johnny, ambos filhos de Franklin, o supervisor da operação, e Victor, o cara solitário que não conseguiu terminar o projeto e que tem uma queda por Sue. Típico. É um filme de super-heróis. A maioria das coisas é manjada.
     Só não gostei da parte que Ben fica para trás porque não é tão gênio como os outros. Acho que só achei isso porque quem interpretava o papel era o Jamie Bell, que eu amo demais. Sério mesmo, fiquei olhando pra cara dele e pensando que era estranho vendo-o ser descolado visto que em Turn ele é cheio de responsabilidades. É um espião.
Enfim, houve as partes clichês no filme e houve partes boas. Teve gente que ficou reclamando de pouca ação. Eu achei satisfatório porque filme não é só luta, espancamento e essas coisas. Acho que esse primeiro deveria ser como foi, contar mais a história, mostrar o lado deles antes de virar heróis propriamente. Na verdade achei que o filme foi um pouco rápido, eu queria que desenvolvessem mais.
     Não consigo entender porque as pessoas piraram e só reclamam do filme. GENTEE, o filme não é ruim, não é excepcional, mas é bom, satisfatório apesar de tudo. Fui assistir ao filme com a expectativa lá embaixo, com medo de me decepcionar, mas eu realmente gostei. De verdade. Quando cheguei em casa expressei meus sentimentos no Facebook e teve comentários positivos e negativos. Um dos pontos que mencionaram foi que o filme foi parado. Segundo entrevistas que eu li seria bem pior se o diretor tivesse feito do jeito que queria, teve mudanças no retiro por parte da Fox. A Esperança – Parte I, por exemplo, foi muito chato. Só tinha blá blá blá. Demora da pega de acontecer as coisas. A parte boa do filme foi quando Peeta enforcou Katniss, foi isso que deu emoção, mas aí o filme acabou!! Fiquei decepcionada.
   Retomando para o filme em questão: Como devem ter percebido eu amei o Ben, mas fique triste porque ele virou O Coisa. É tão bonito para virar a pedra. Desde que vi quem iria compor o elenco fiquei chateada porque escolheram logo ele. O Miles Teller estava ótimo como sempre, arrasando no personagem, e falhando em algumas partes, porque fala sério hein!? Ele é muito velho para interpretar alguém tão jovem. E o Johnny, não sei o nome do ator, eu amei. Ele era mala demais e duro de coração, aparentemente. Acho que O Tocha é o meu personagem favorito por causa de sua índole instável. Um dos personagens que gostei também foi o Franklin, o pai da Sue e Johnny. Fiquei um pouco chateada porque os negros sempre morrem no filme para salvar alguém. Mas isso é spoiler rsrs. Pelo menos o Tocha estava lá. Vivo. ☺ Também gostei da Sue e sua mania de olhar padrões. Na verdade gostei de todos. Eu queria que fossem mais explorados, mas essa só foi a primeira película!!

    Enfim, não concordo com nada que o povo tá dizendo como tenho expressado nesse post todo. Consigo compreender que o filme não foi o esperado e estava um pouco diferente dos quadrinhos, mas convenhamos que nunca fazem igual, né! Quer dizer, Daredevil é a única série que acompanho e que até agora só teve críticas boas. Só acho que o povo tem que parar com esse enxame e assistir o filme com mente aberta. Não é ruim. Saí da sessão sorrindo porque realmente foi bom e porque a película foi contra todas as baboseiras que as pessoas estavam dizendo. Esse foi melhor até que o primeiro.
     Só digo uma coisa: #hatersgonnahate
    Obs.: Passou o trailer de Star Wars e deu uma vontade da pega de retomar os episódios de The Big Bang Theory. Fiquei com saudade de ouvir e ver o Sheldon defender piamente os filmes. ☺. É, gente, tô atrasada na série.
     Anyway, se você já assistiu ao filme ou não assistiu e tem alguma coisa para falar sobre a resenha ou suas expectativas, coloca aí embaixo nos comentários. Quero saber suas opiniões, people...

2 comentários:

  1. Oii!
    Confesso que não estava dando nada pra esse filme, tanto que nem senti curiosidade de assistir o trailer quando lançou. Minha falta de desinteresse: acho que os atores muito jovens, quanto ao Tocha ser negro fiquei só estranhando. Enfim, mas depois de assistir a um vídeo do Legião de Heróis falando sobre o filme comecei a me animar e, então li essa resenha e já estou morrendo de vontade de assistir :D
    Até dei uma chance ao Homem Formiga que também achei que não ia dar em nada e agora já estou morrendo de vontade de acompanhar o novo herói em Os Vingadores ou em Capitão América: Guerra Civil.
    Adorei a resenha e estou super animada :3
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helloo Dani!!
      Que bom que gostou. Fico muito feliz! Ah, e eu tava ansiando assistir Homem Formiga, mas não deu. Queria tanto. Achei o trailer muito legal e tals, mas acho que é porque gosto de histórias de super-heróis!!
      Obrigada por ler a resenha e gostar, fico muito contente. *-*
      beijin...

      Excluir

Alana Gabriela - créditos

Tema Base por Butlariz